top of page
Buscar

Jovem em Destaque | TAWANE THEODORO | POETA

Grande nome do Slam paulistano, Tawane Theodoro começou suas primeiras apresentações poéticas em 2016 e de lá pra cá nunca mais parou!


Moradora da região do Capão Redondo, extremo Sul de São Paulo / SP, Tawane Theodoro tem 24 anos e oito anos de carreira na poesia marginal. Publicou dois livros Afrofênix e A Pluralidade da Poeta, ambos pela Editora Quirino.



Tawane é fundadora do Sarau do Capão, em 2017, junto com sua amiga e também poeta Jéssica Campos e também foi uma das fundadoras do Slam do Bronx, em 2019. Apresentou duas temporadas do Reload, no Futura e é uma das formadoras do Slam Interescolar, projeto que nasceu dentro do Slam da Guilhermina.


Essa menina nasceu para ser estrela, então já nasceu uma #JovemEmDestaque, essa entrevista é o mínimo para conhecermos melhor nossa poeta.


Eliaquim Batista: Como o slam entrou em sua vida?

Tawane Theodoro: Conheci o Slam em 2016, quando entrei no cursinho popular Carolina de Jesus, que também é um movimento cultural e a poesia marginal era presente nas aulas. Tinha saraus frequentes, e os professores frequentavam o Slam. Então comecei a frequentar com eles e me apaixonei logo de primeira.


Eliaquim Batista: E a ideia do Sarau do Capão? Como nasceu e como funciona pra quem quiser participar seja pra recitar seu trabalho, seja pra curtir poesia?

Tawane Theodoro: O Sarau do Capão surgiu depois que eu e a poeta Jéssica Campos (que conheci no cursinho também) decidimos fazer um sarau para reunir o pessoal do cursinho que estava de férias na época. Pedimos o espaço da Fábrica de Cultura do Capão Redondo e eles cederam. Esse sarau foi incrível e lotou, a Fábrica então entrou em contato com a gente oferecendo o espaço para que a gente organizasse o sarau mensalmente. Tivemos medo inicialmente porque só tínhamos 17 anos e estávamos começando a nossa carreira artística, mas a ideia era genial, então abraçamos e fazemos ele acontecer desde 2017.



Eliaquim Batista: Aqui em São Paulo, temos diversos campeonatos de batalhas de slam. Você ganhou vários desses concursos. Quais prêmios você já ganhou no mundo da poesia falada?

Tawane Theodoro:

-Campeã do Slam SP em 2018

- 3° lugar do Slam SP nos anos 2019 e 2022

- 4° lugar do Slam SP no ano de 2020


Eliaquim Batista: Você tem dois livros publicados, certo? Afro Fênix e A Pluralidade da Poeta. Como foi a seleção de poemas que compõem as obras?

Tawane Theodoro: Isso mesmo, Afrofênix lançado em 2019 e A Pluralidade da Poeta, em 2022, em parceria com a editora Quirino.

O meu primeiro livro tinha o recorte de ser apenas poesias sobre militância, então reuni as que eu tinha até o momento, e escolhi uma ordem que fazia sentido pra mim. Já no segundo livro, a temática era livre, então tiveram todas as poesias escritas de 2019 a 2022, mais as que tinham outras temáticas antes de 2019.


Novo livro de Tawane Theodoro


Eliaquim Batista: E quais são os seus projetos para 2023, já que ainda estamos em janeiro?

Tawane Theodoro: Vou colocar para o mundo um show poético, um sonho que será realizado esse ano. Que já tem data de estreia: Dia 10/03, às 18h na casa de cultura do Campo Limpo.

E por enquanto esse é o meu foco pra esse ano!


Eliaquim Batista: Tawane, muito obrigado pelo bate-papo e muito sucesso para nós, no mundo dos livros!

Tawane Theodoro: Eu que agradeço, muita força e sucesso pra gente!



Adquira os livros da autora:


Abraços Literários,


Comments


bottom of page