Buscar

3 livros para amar Jorge Amado

Na última sexta-feira, dia 6, se completou 20 anos da morte do autor baiano Jorge Amado. E hoje, dia 10, se vivo, o autor completaria 109 anos.



E para comemorar essa data para o autor que retratou o nosso nordeste, em especial a sua Bahia, trago três livros que se você ler, garanto que irá passar admirar o escritor que amava a literatura e sua Bahia.


Confira agora a lista:


1- Gabriela Cravo e Canela (Jorge Amado - Companhia das Letras)

"O cheiro de cravo,

a cor de canela,

eu vim de longe

vim ver Gabriela."

p. 7


O livro se ambienta em Ilhéus (BA) na década de 1920, época do grande ciclo do cacau baiano.



"[...] a fama de Ilhéus corria mundo, os cegos cantavam suas grandezas nas violas, os caixeiros-viajantes falavam daquelas terras de fartura e valentia, ali um homem se arranjava num abrir e fechar de olhos, não havia lavoura mais próspera que a do cacau".

p. 76



A história tem como personagens principais a linda Gabriela e o árabe Nacib. Ela, que vinda do agreste, passa a ser cozinheira de seu par romântico, dono do bar Vesúvio.

Carregado de sensualidade, regionalismo e mudanças sociais, a obra publicada em 1958, repercutiu e fez tanto sucesso, que é tema de música, filme e novela até os dias de hoje.


Adquira Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado.


2- Jorge, o amado escritor (Lúcia Fidalgo - Paulus Editora)


A Coleção Brasileirinhos apresenta para as crianças grandes brasileiros voltado para as artes, em especial autores.


Dentre os homenageados, está o escritor Jorge Amado. A autora do fascículo que homenageia do baiano, Lúcia Fidalgo, de uma forma criativa apresenta fatos importantes da vida do escritor.


É possível destacar o presente que o baiano deu a seu filho em João Jorge em 1948, a história infanto-juvenil, "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá".


Adquira Jorge, o Amado Escritor, de Lúcia Fidalgo.


3- Jorge Amado: Uma Biografia (Josélia Aguiar - Editora Todavia)


A jornalista Josélia Aguiar fez um trabalho árduo para lançar a biografia mais completa de Jorge Amado já publicada.


Fotos raras e fatos desconhecidos por muitos, o livro traz desde o nascimento do autor em Itabuna (BA), a academia dos rebeldes, sobre o primeiro livro do autor "O País do Carnaval", a vida política como deputado federal, os exílios, vida familiar, até sua morte em 2001.


"Jorge dizia que depois de morrer ficaria vinte anos esquecido. Uma editora paulista, a Companhia das Letras, assumiu a reedição de toda a obra antes que completasse uma década de sua partida. Novas adaptações na TV, cinema e teatro somaram-se às reimpressões e traduções para apresentá-lo a leitores jovens, outra vez de Nova York a Moscou."

p. 557


A vida de Jorge Amado deve ser um tanto quanto lembrada e ele vive! Cada uma das obras do autor retratam fases diferentes da Bahia e também da cultura brasileira.


Adquira Jorge Amado: Uma Biografia, de Josélia Aguiar.


Jorge sempre Amado! Jorge Vive! Jorge é Brasil!


Abraços Literários,